Dom Mauro, O Profeta que subiu numa Carruagem de Fogo

Manifestações de apoio e solidariedade ao papa Francisco
5 de setembro de 2018
Missa pelos 12 anos de falecimento de Dom Mauro
14 de setembro de 2018

Dom Mauro, O Profeta que subiu numa Carruagem de Fogo

Conta a Sagrada Escritura, que existiu um grande profeta chamado Elias, muito bondoso e amável, lutava pela vida de seu povo com voz forte e testemunho autêntico. Em suma, era um verdadeiro embaixador do Deus da Vida aqui na terra. No entanto, no auge de sua missão, sem que ninguém entendesse o que estava acontecendo, o profeta Elias, de repente, sobe literalmente ao céu, numa carruagem de Fogo, conforme relata a Escritura.

Milênios se passaram, e em nossos tempos, vejo essa história acontecer novamente, pois no meio de um tempo de profetismo, desafios e esperanças, surgiu Dom José Mauro Bastos, homem simples do povo, que através da sua consagração religiosa, de sua vida sacerdotal e do seu dom episcopal, entregou-se totalmente a Deus e a sua Igreja, com dedicação incansável, principalmente no cuidado com os mais pobres. Porém, naquele enigmático dia 14 de setembro de 2006, tivemos a triste notícia da partida deste grande profeta num trágico acidente, e seu corpo, dentro daquele veículo, foi totalmente consumido pelas chamas; como que numa carruagem, subiu ao céu, sem nos dar, ao menos, uma oportunidade de despedida.

Dom José Mauro, o seu profetismo ainda continua presente na vida, nos sonhos e nas esperanças daqueles que tiveram a honra de te conhecer! Janaúba ainda sente a sua partida, profeta da Luz!  Guaxupé guarda seu pastoreio, bispo da Esperança! A congregação Passionista se orgulha de sua total doação, homem da Cruz!

Diante da saudade, só podemos dizer: obrigado irmão, porque em tão pouco tempo, por aqui passou e nos deixou o rastro do amor de Deus no seu sorriso sincero, na sua oratória firme e cativante e no seu testemunho de vida luminoso. Mas essa saudade, que hoje sentimos, mistura-se com a esperança e a Utopia do Reino que você tanto pregava e vivia. Obrigado por nos ensinar que pela cruz chegaremos à luz! Na mesma esperança dos amigos do profeta Elias, nós também, seus amigos, queremos dizer no timbre da juventude que você tanto amava: Valeu!  A gente se vê nas caminhadas, nas romarias, nas liturgias da vida, nas lutas pelos mais pobres, nas alegrias e nas esperanças da Igreja que você tão bem soube cuidar!

Pe. Eraldo Furtado de Oliveira, CP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *